Parasyte The Maxim

Kiseijuu: Sei no Kakuritsu (Parasyte The Maxim)

Opinião – Parasyte The Maxim

Kiseijuu: Sei no Kakuritsu (Parasyte The Maxim) retrata a história de parasitas alienígenas que tentam possuir o cérebro de humanos para sobreviver e dominar a terra.

Um destes humanos é um rapaz de 16 anos chamado Shinichi Izumi.

Um parasita chamado Migi tentou possuir o cérebro de Shinichi mas não conseguiu, ficando alojado na sua mão direita.

Agora imaginem como deve ser frustrante para Shinichi, ter prazer com a sua mão direita 😀

Shinichi vai ter que coexistir com Migi e combater outros parasitas que tentam dominar o planeta.

Esta simbiose não tem lá muito bom aspecto, a mão de Shinichi fica com 2 olhos e uma boca.

Relativamente a ter uma boca na mão podia fazer aqui vária piadas ordinárias mas vou evitar e deixar para a vossa mente perversa.

Migi supostamente não tem sentimentos mas ao longo dos episódios fiquei com dúvidas sobre esse aspeto.

Nos combates contra os outros parasitas por vezes Migi e Shinichi têm que formular uma estratégia entre os dois para conseguir sobreviver.

A personagens de Shinichi e Migi sofrem uma evolução na história, Shinichi é tímido e emocional enquanto Migi é brutalmente lógico e cruel no início, mas no decorrer da aventura parece que as suas personalidades começam-se a fundir.

Shinichi não pode contar ao seus amigos e família o que lhe aconteceu senão Migi faz-lhes a folha.

Kiseijuu: Sei no Kakuritsu (Parasyte The Maxim) levou muitos anos a ter a sua adaptação para anime mas mais vale tarde que nunca.

Este anime tem um bom desenvolvimento de história, uma quantidade equilibrada de terror, comédia e acção.

Metam este anime na vossa lista para ver!

Trailer

Lista de fillers

Nenhum graças a Deus!

Momento Nada A Ver

Prémio de Partilha

Aos primeiros 100 leitores que partilharem este post nas redes sociais será entregue o seguinte prémio no caso do blogue encerrar:

Man Bowl

Man Bowl

Se por acaso se enquadram numa das seguintes categorias de leitores, por favor partilhem pelas 53 redes sociais em que estão inscritos:

  1. O gajo que se enganou a escrever “animal” no Google e veio dar aqui.
  2. Se és meu familiar ou amigo e não queres que eu fique magoado contigo.
  3. Se és um hater que não gosta das reviews ou dos tops que não contêm o teu anime preferido (partilha na mesma para os teus amigos evitarem de vir cá ter ao site)
  4. Se simplesmente gostas do conteúdo, sabe-se lá porquê

Não percam o próximo post porque nós também não (que remédio…)!

Imagens de Alpha Coders

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •